Viva São Paulo

Inicie na estação de metrô Sé para visitar a famosa Catedral e Praça da Sé, que abriga o marco zero da cidade. Atravesse a praça e confira as atrações da Caixa Cultural, Praça da Sé (nº 111). Em seguida, caminhe até a Rua Roberto Simonsen (nº136) e visite o Museu da Cidade no Centro, formado por um conjunto de imóveis que remontam ao século XVIII: Solar da Marquesa de Santos, Beco do Pinto e Casa da Imagem de São Paulo.

Imagem de uma sala com piso e teto pretos e algumas luminárias de luz forte e direcional. No primeiro plano, uma grande maquete da cidade e arredores encaixada em uma estrutura retangular de madeira escura, onde estão impressos alguns mapas e listas de informações, em cor branca. Ao fundo, um grande painel branco retangular; do lado esquerdo está impresso em preto um longo texto com o título “Sobre a fundação de São Paulo” em letras vermelhas e, no direito, um mapa. Na parede lateral esquerda, encontra-se um grande mapa fixado por duas barras horizontais de madeira e coberto por uma placa plástica transparente.

Museu Anchieta. Foto: Jose Cordeiro/SPTuris

Continue em direção ao Pateo do Collegio e Museu Anchieta, berço da cidade de São Paulo. Siga pela Rua Anchieta e vire à direita na Rua XV de Novembro e à esquerda na Rua da Quitanda para visitar uma das atrações da intensa programação do Centro Cultural do Banco do Brasil.

Edifício muito alto, todo branco, com centenas de janelas. Nos últimos 8 andares, a estrutura fica um pouco mais estreita. No topo, uma torre redonda de concreto e vidro com altura de 4 pisos e um mastro com a bandeira do Estado de São Paulo no topo. Tudo isso sob um céu muito azul e sem nuvens.

Edifício Altino Arantes. Foto: Jose Cordeiro/SPTuris

Caminhe pela Rua Álvares Penteado em direção ao Edifício Altino Arantes, um dos mirantes mais famosos da cidade, com acesso durante a semana em horário pré-estabelecido. Saindo do edifício, siga pela direita até a Rua Boa Vista, vire à esquerda e caminhe até o Largo São Bento, s/nº, para conhecer o famoso Mosteiro de São Bento. Com missas celebradas diariamente e em horário específicos é possível apreciar o canto gregoriano. Há uma loja no local que vende pães, bolos e doces produzidos pelos próprios monges.

Imagem de baixo para cima, edifício antigo muito alto e largo, marrom claro. Ele é composto por 4 torres com 3 janelões por piso. Entre elas, 3 fachadas recuadas aproximadamente 3 metros, contendo 2 janelões por piso. No topo de cada torre, uma estrutura com 2 pisos no formato de uma residência antiga, com paredes brancas e janelas com molduras azul marinho.

Edifício Martinelli. Foto: Jose Cordeiro/SPTuris

Siga pela Rua São Bento até a Avenida São João para visitar o Edifício Martinelli, tão grande que possui entrada por três ruas, e é também outra opção para uma visita panorâmica e fotos incríveis (consulte horários). Continue o passeio pela Rua Líbero Badaró em direção à sede da Prefeitura de São Paulo e caminhe até o Viaduto do Chá, que tem esse nome devido a uma plantação de chá que existia no local. Visualize à sua direita o Viaduto Santa Ifigênia, o primeiro a ser construído no século XIX e o Vale do Anhagabaú. No final da travessia estão o edifício da antiga companhia de energia da cidade, hoje Shopping Light e o imponente Theatro Municipal.

Foto de baixo para cima de um edifício muito alto em formato ovalado, com centenas de janelas com moldura metálica. No 2º piso existe um terraço e um grande letreiro com letras metálicas preso à parede do prédio, com os dizeres “CIRCOLO ITALIANO”. Do lado esquerdo, parte da copa de uma árvore. Tudo isso sob um céu muito azul sem nuvens.

Edifício Itália. Foto: Jose Cordeiro/SPTuris

Continue em frente pela rua do teatro até a Avenida Ipiranga e vire à esquerda para caminhar até o Edifício Itália. Aproveite para conhecer uma das Centrais de Informação Turística, a CIT República, do lado oposto ao edifício. Caminhe até o Edifício Copan, projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer e termine o roteiro na Praça da República com a tradicional feirinha de arte e artesanato aos finais de semana e acesso ao metrô República.

Visite também na região:
  • Galeria do Rock: considerada reduto dos roqueiros, tem lojas temáticas de serviços e artigos de diversos estilos com CDs, discos, vídeos, camisetas, piercings e tatuagens, roupas, cabeleireiros, etc;
  • Rua 25 de Março: o famoso shopping a céu aberto de comércio popular possui os mais variados tipos de brinquedos, tecidos, bijuterias, artigos de decoração, entre outros;
  • Mercado Municipal: uma ótima opção na região para almoço ou lanche, famoso pelo tradicional sanduíche de mortadela, pastel de bacalhau, além de uma grande variedade de frutas de excelente qualidade, carnes, temperos, etc.;
  • Catavento Cultural e Educacional: espaço interativo que possibilita aos visitantes conhecer a ciência com diversão, abordando diferentes temas: Universo, Vida, Engenho e Sociedade.
Nossos Parceiros Estratégicos
Logo ABIH
Logo Sindicato Estadual dos Guias de Turismo de São Paulo – SINDEGTUR SP
Logo ABTLGBT
Logo Comtur
Logo São Paulo Convention & Visitors Bureau
Logo Turismo Sustentável e Infância
Logo Aprecesp