Viva São Paulo

São Paulo a pé

Pinheiros e Vila Madalena

Inicie o roteiro no metrô Clínicas, visitando o Cemitério do Araçá, criado em 1887, que abriga mausoléus de tradicionais famílias paulistanas e belíssimas esculturas e sepulturas de personalidades como Assis Chateaubriand e Cacilda Becker. Na calçada do cemitério, há o tradicional Mercado das Flores, que apresenta grande quantidade e variedade, oferecendo inclusive flores e plantas de espécies exóticas.

Defronte a ele desça a Rua Teodoro Sampaio, conhecida pelas diversas lojas de instrumentos musicais e em seu final por diversificado comércio. Vire à direita na Rua João Moura para passar pela Galeria AmoaKonoya (n° 1.002) especializada em arte indígena. Logo adiante vire à esquerda na Rua Cardeal Arcoverde e visite a Igreja do Calvário, datada de 1930, possui o altar-mor em estilo romano barroco projetado por Benedito Calixto.

Várias barracas com estrutura metálica tubular e cobertura de lona branca lado a lado, para venda de mercadorias e antiguidades como telefones, quadros, objetos de decoração, etc. Em frente às barracas, várias pessoas observando e fazendo compras.

Praça Benedito Calixto. Foto: Caio Pimenta/SPTuris.

Em frente à igreja há a Praça Benedito Calixto, que oferece diversas opções gastronômicas, culturais e de comércio; aos sábados abriga uma das mais tradicionais feiras de artes da cidade com cerca de 300 expositores, apresentações musicais e espaço de alimentação; mais adiante na mesma rua há o Cemitério São Paulo, também conhecido pela arte tumular de artistas famosos, como Victor Brecheret, escultor sepultado no local.

Imagens de um beco com as paredes das casas todas cobertas por grafites multicoloridos, sob um céu muito azul sem nuvens.

Beco do Batman. Foto: Jose Cordeiro/SPTuris.

Vire à direita na Rua Belmiro Braga e visite o Beco do Aprendiz, galeria de arte a céu aberto que concentra obras de vários grafiteiros; vire à direita na Rua Inácio Pereira da Rocha e continue pela Luis Murat para alcançar a Rua Harmonia à esquerda e chegar ao Beco do Batman, na Rua Gonçalo Afonso, outra excelente exposição de arte urbana na cidade; à esquerda na Rua Medeiros de Albuquerque chega-se à Galeria Choque Cultural (n° 250), cujo foco é a arte contemporânea combinando artistas novos aos já consagrados.

Fachada de uma edificação com 2 pisos, toda grafitada por formas geométricas em azul escuro e branco. No piso inferior, 2 cartazes idênticos e multicoloridos colados na parede, com os dizeres “MAIS AMOR, POR FAVOR”. Na calçada em frente, um grande número 9 pintado na cor rosa escuro.

Galeria Choque Cultural. Foto: Divulgação.

Vire à esquerda na Rua Aspicuelta, cinco quarteirões depois, à direita na Rua Fradique Coutinho; esta concentra várias galerias como a Imã Foto (n° 1.239), com grande acervo fotográfico, a Millan (n° 1.360) e a Fortes Vilaça (n° 1.500), que apresentam interessantes obras de artistas contemporâneos consagrados e jovens artistas em ascensão.

Desça a Rua Purpurina, vire à esquerda na Mourato Coelho, à direita na Wisard, continue pela Rua dos Miranhas até a Av. Pedroso de Morais e vire à direita na Rua dos Coropés, chegando ao espelhado edifício em rosa e azul do Instituto Tomie Ohtake (n°88), um espaço cultural de 7.500 m² inaugurado em 2001 que procura apresentar novas tendências de arte nacional e internacional; possui um setor educativo, ateliês, espaço para seminários, restaurante, livraria e loja.

Saindo do Instituto, volte à Av. Pedroso de Morais e siga mais um quarteirão até a Praça dos Omaguás, onde há outras boas opções gastronômicas, lojas e uma famosa livraria megastore; aos domingos, acontece uma feira de artes com produtos variados.

A região de Pinheiros e Vila Madalena é famosa por sua boemia, então, se quiser dar uma esticada, as ruas Aspicuelta, Fidalga, Fradique Coutinho, Inácio Pereira da Rocha, Mourato Coelho e Wisard são as mais agitadas. O público que frequenta o bairro é eclético, assim como seus estabelecimentos comerciais; há de tudo um pouco, locais para comer, beber, dançar, conhecer pessoas com gostos e estilos variados. Definitivamente, a Vila Madalena é a cara de São Paulo.

Nossos Parceiros Estratégicos
Logo ABIH
Logo Sindicato Estadual dos Guias de Turismo de São Paulo – SINDEGTUR SP
Logo ABTLGBT
Logo Comtur
Logo São Paulo Convention & Visitors Bureau
Logo Turismo Sustentável e Infância
Logo Aprecesp