Acontece

Novidades

"La Jornada" retrata o cotidiano de refugiados

O Museu da Imigração, localizado na Mooca, recebe a exposição “La Jornada: A resiliência do povo venezuelano em busca de refúgio no Brasil” até o dia 31 de março.

Foto: Chico Max/Divulgação

A mostra tem como foco o cotidiano das famílias venezuelanas, registrado pelo fotógrafo Chico Max em setembro de 2018, nas cidades de Pacaraima e Boa Vista, ambas em Roraima.

Através das imagens, Max é capaz de explicitar o dia a dia dos refugiados venezuelanos e o fenômeno migratório que cada vez mais se intensifica na região. No total, a exposição conta com 20 fotografias que apresentam a rotina dessas pessoas, proporcionando uma reflexão mais humana sobre a imigração.

Foto: Chico Max/Divulgação

A exposição é uma parceria entre a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), a Universidade Federal de Roraima (UFRR) e o Ministério Público do Trabalho (MPT). A mostra também integra o Programa de Seminário do Observatório das Migrações em São Paulo, promovido pelo Museu da Imigração.

 

Serviço:
“La Jornada: A resiliência do povo venezuelano em busca de refúgio no Brasil”
Data: de terça a domingo, até o dia 31 de março.
Horário: de terça a sábado, das 9h às 17h; aos domingos, das 10h às 17h.
Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (estudantes e pessoas acima de 60 anos pagam meia-entrada). Aos sábados, a entrada é gratuita.
Local: Museu da Imigração.
Endereço: Rua Visconde de Parnaíba, 1316 – Mooca (estação Bresser-Mooca – linha vermelha do Metrô).
Mais informações: http://museudaimigracao.org.br/agenda/exposicao-la-jornada-e-programa-do-observatorio-das-migracoes/

 

Nossos Parceiros Estratégicos
Logo ABIH
Logo Sindicato Estadual dos Guias de Turismo de São Paulo – SINDEGTUR SP
Logo ABTLGBT
Logo Comtur
Logo São Paulo Convention & Visitors Bureau
Logo Turismo Sustentável e Infância
Logo Aprecesp