Acontece

Novidades

Especial Zen: opções para o seu bem-estar em São Paulo

Que São Paulo nunca para, todos já sabem. O que muitos nem imaginam é que, paralelo a tanto agito, a capital paulista traz espaços que permitem o relaxamento e até mesmo a meditação, trazendo tranquilidade e renovação a qualquer pessoa.

Para quem procura por uma rotina mais zen, listamos algumas opções de relaxamento total. Você vai até esquecer que está na maior metrópole do Hemisfério Sul.

Meditação

Templo Fo GuangShan

Quem não quer se deslocar muito para descansar a mente tem diversas opções no centro da cidade. O Templo Fo GuangShan possui decoração típica budista, com um altar todo caprichado. O clima é de paz absoluta. Ótimo para relaxar e meditar. As reuniões de meditação são abertas ao público. No local também são ministrados cursos diversos, de temas como culinária vegetariana, idioma chinês e thai chi chuan.

Templo Budista ZuLai

Templo Budista Zu Lai. Foto: Divulgação.

Outro lugar maravilhoso para quem procura a paz absoluta fica em Cotia, na grande São Paulo. O Templo Budista ZuLai é a parada perfeita para quem busca um contato profundo com o budismo ou simplesmente um lugar para relaxar. O Templo propaga o Mahayana, cuja tradição enfatiza o uso prático e cotidiano dos ensinamentos religiosos, portanto, o templo oferece diversos cursos, como meditação, mandarim e artes marciais.

Templo Busshinji

Outro ótimo reduto de tranquilidade no bairro da Liberdade é o Templo Busshinji, matriz da Escola Sotozen na América do Sul. É um espaço dedicado a pessoas que buscam a tradição do zen-budismo. Ideal para quem quer se iniciar no zazen, técnica de meditação em que se procura não pensar em nada. Sentimento de bem-estar completo!

Centro de Estudos Budistas Bodisatva São Paulo

Centro de Estudos Budistas Bodisatva. Foto: Divulgação.

A casa, localizada atrás do Shopping Pátio Paulista, na Rua Maestro Cardim, tem programação para quem quer conhecer ou mesmo se aprofundar nos estudos do budismo. Técnicas de meditação, recitação de mantras e até sessões de cinema são organizadas sob orientação do Lama PadmaSamten.

Centro de Meditação Kadampa Mahabodhi

Fundada há 19 anos, a casa oferece cursos de meditação e retiros especializados para quem leva uma rotina agitada, com o objetivo de formar “meditadores urbanos”. Há também programação voltada para crianças uma vez por mês.

Basílica Nossa Senhora da Assunção – Mosteiro São Bento

Independente da crença, começar o dia assistindo à missa celebrada com canto gregoriano na Basílica Nossa Senhora da Assunção, no Mosteiro São Bento, certamente dará muita paz de espírito para quem precisa. Ao cruzar as grossas portas do Mosteiro, o visitante se esquece de que está em pleno centro de São Paulo. Em contraste com o caos e o barulho de fora, dentro do prédio reina o silêncio e a paz. Lugar perfeito para relaxar, meditar ou fazer uma oração enquanto contempla belos vitrais e exemplares de arte sacra.

Solo Sagrado de Guarapiranga

Solo Sagrado. Foto: Jose Cordeiro/ SPTuris.

 Solo Sagrado de Guarapiranga é um dos maiores espaços para contemplação da natureza e meditação já existentes no Brasil.

Após a Segunda Guerra Mundial, o mestre japonês MokitiOkada iniciou a construção do que chamou de protótipos de paraísos terrestres, os Solos Sagrados. No Brasil, esse lugar fica às margens da represa do Guarapiranga, na zona Sul de São Paulo. É um dos lugares na cidade mais procurados para quem quer meditar. O visitante poderá visitar o grandioso templo, construído em forma de anel.

O templo possui três santuários: o Santuário de Deus Supremo, o Santuário de MokitiOkada e o Santuário dos Antepassados, lugar especial para se orar pelos entes que já partiram. Depois de meditar, já com o corpo e mente leves, o visitante pode emendar um piquenique na Orla da Represa, que tem 20 mil metros quadrados de gramado, com diversas árvores que oferecem ótimas sombras para descanso e diferentes espécies de animais silvestres soltos, como corujas, esquilos, macacos, quatis, tatus e preguiças.

Um cantinho de paz dentro do parque

Jardim Botânico

Quem passa próximo à barulhenta rodovia dos Imigrantes nem imagina que ali pertinho tem um pacífico recanto em meio à Serra do Mar. O Jardim Botânico abriga vegetação remanescente de Mata Atlântica e nascentes do histórico Riacho do Ipiranga, contando com diversas áreas relaxantes como o belíssimo Jardim de Lineu, o Lago das Ninféias e o Bosque dos Passuarés. O silêncio reina absoluto, apagando qualquer vestígio de que a poucos metros dali, pulsa a cidade efervescente. A dica é sentar no gramado, ler um livro, esquecer a rotina e tentar aproveitar ao máximo, toda a paz transmitida pelo verde que toma conta do espaço.

Espaço Ouvillas – Parque Villa-Lobos

O Parque conta com o espaço Ouvillas, que fica perto do bosque, dedicado totalmente ao relaxamento dos seus visitantes. As pessoas aproveitam os bancos e as espreguiçadeiras para se esticarem um pouco e esquecerem da correria do dia a dia, ao som do compositor Heitor Villa-Lobos, que dá nome ao parque. Relaxamento total.

Pico do Jaraguá – Parque Estadual Jaraguá

Pico do Jaraguá. Foto: Jose Cordeiro/ SPTuris.

Localizado no Parque Estadual Jaraguá, o Pico é o ponto mais alto de São Paulo.  A paisagem é tranquilizadora e impressionante. De lá, você consegue observar vários pontos de São Paulo e se o dia estiver sem nuvens, é possível avistar um raio de 55 quilômetros. Diante do silencio absoluto, o visitante vê o horizonte, respira ar puro e se sente em paz. Um agradável recanto de calmaria.

Pavilhão Japonês – Parque do Ibirapuera

Outro parque que se destaca em um roteiro zen na capital paulista é o Ibirapuera. Diante de sua amplitude, o cartão postal de São Paulo tem lazer para todos os gostos. Para quem quer relaxar, a sugestão é caminhar pelas trilhas entre as árvores até o Pavilhão Japonês. Ali o visitante poderá ficar em contato com a natureza e acompanhar uma pequena mostra da memória e cultura japonesa. Na parte dos fundos podemos contemplar um lago repleto de carpas e, quem tiver interesse também pode alimentar os peixes com ração fornecida pelos funcionários do local. O Pavilhão e sua área externa propiciam aos visitantes momentos únicos de contemplação, reflexão e descanso.

Ainda no Ibirapuera, tem o Espaço da Antiga Serraria. Adeptos de ginástica chinesa se reúnem de segunda a sábado, a partir das 10h30 para um movimento zen. A técnica, conhecida como liangong, estimula a circulação sanguínea, aumenta o vigor físico e ajuda a corrigir a postura. O Ibirapuera também conta com exercícios de yoga e outros tipos de bem-estar.

Parque da Água Branca

Na Zona Oeste, o Parque da Água Branca é um verdadeiro refúgio para quem quer fugir da correria da metrópole. Ele abriga um aquário e um espaço inteiramente dedicado para a leitura. O visitante pode passar horas se dedicando a um bom livro em meio à natureza. Além disso, caso ele prefira movimentar o corpo para alcançar uma sensação de bem-estar, há a opção de praticar esportes ao ar livre.

Praça do Pôr do Sol

 Localizada no Alto de Pinheiros, a Praça Cel. Custódio Fernandes Pinheiros, mais conhecida como Praça Pôr do Sol, traz uma das mais belas vistas do sol se pondo em meio aos arranha-céus da cidade, por isso, é muito comum encontrar os paulistanos sentados na grama no final da tarde admirando o espetáculo da paisagem. O local é considerado como um dos melhores da capital para se ver o crepúsculo e esquecer um pouco da rotina.

Uma noite tranquila na agitada metrópole

Avanhandava

 Com suas luzinhas, a Rua Avanhandava é uma das mais charmosas de São Paulo. Travessa da rua Augusta, é quase um oásis em meio ao caos, com restaurantes que vão do tradicional Famiglia Mancini ao descolado Madrepérola. Um programa zen para ir sozinho relaxar ou levar a família toda para comer uma deliciosa massa, ao som de um piano de cauda. Tranquilidade em uma das regiões mais badaladas de São Paulo.

Sala São Paulo

Sala São Paulo. Foto: Jose Cordeiro/ SPTuris.

Quem gosta de concertos deve conferir a agenda da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, a Osesp, titular da Sala São Paulo. Este templo da música erudita merece a visita por sua beleza e acústica impecável. Ótimo para quem quer uma noite paulistana tranquila e cultural.

Spas

Se a ideia de relaxamento corresponde a uma boa massagem ou a um bom banho de ofurô, São Paulo tem opções fantásticas!

Spa Cidade Jardim

Spa Cidade Jardim. Foto: Divulgação.

 Localizado dentro do Shopping Cidade Jardim, o spa oferece tratamentos voltados para quem quer repor as energias ou mesmo combater o estresse. Um deles, inclusive, conta com profissionais que desenham um programa exclusivo, de acordo com o perfil do cliente.

BuddhaSpa

Depois de um dia intenso de trabalho um boa massagem pode trazer tranquilidade e paz interior. No BuddhaSpa você poderá fazer uma esfoliação corporal ou uma massagem Ayurverdica, além de banhos de imersão no ofurô.

Espaço Girassol

Espaço Girassol. Foto: Divulgação.

Você também pode escolher ficar totalmente zen depois de um “Day Spa” do Espaço Girassol. O relaxamento inclui aromaterapia, cromoterapia e Massagens antiestresse com óleos essenciais, entre outros.

Kabanah Spa

Kabanah Spa. Foto: Divulgação.

Reservar uma parte do dia para usufruir dos serviços do Kabanah Spa também pode te deixar totalmente leve. Ali, as terapias são reunidas em pacotes de tratamentos temáticos, como os tradicionais Dia da Noiva e Spa Day.

Além disso, há diversos outros espaços de relaxamento na cidade de São Paulo. Quem procura por serviços mais exclusivos pode escolher entre os spas dos hotéis cinco estrelas da cidade como, por exemplo, no Hilton Morumbi, com o Amazonian Spa, que aceita hóspedes e não hóspedes, e coloca à disposição uma série de massagens, hidratação facial e limpeza de pele, sempre com produtos à base de matéria-prima proveniente da Floresta Amazônica; e no Tivoli Mofarrej, onde você poderá relaxar com massagens, hidratação especial e banhos com óleos aromáticos no Elements Spa. Uma alternativa para eventuais sessões de relaxamento fora das clínicas é passar na L’Occitane, da Rua Oscar Freire.

Serviço:

Centro de Meditação Liberdade – Templo Fo GuangShan
End.: Rua São Joaquim, 460 – Liberdade – Centro – São Paulo.
Tel.: (11) 3207-0662

Templo Budista ZuLai
End.: Estrada Municipal Fernando Nobre, 1461 – Cotia – São Paulo.
Tel.:  (11) 4612-2895

Templo Busshinji
End.: Rua São Joaquim, 285 – Liberdade – Centro – São Paulo.
Tel.: (11) 3208-0418

Centro de Estudos Budistas Bodisatva São Paulo
End.: Rua Maestro Cardim, 1024 – Liberdade – Centro – São Paulo.
Tel.: (11) 3266-5372

Centro de Meditação Kadampa Mahabodhi
End.: Rua Artur de Azevedo, 1360 – Pinheiros – zona – São Paulo.
Tel: (11) 3476-2328

Mosteiro de São Bento 
End.: Largo de São Bento, s/nº – Centro – São Paulo – SP.
Horário de funcionamento: segunda, terça, quarta e sexta-feira, das 6h até o término da missa das 18h. Sábado e domingo, das 6h às 12h e das 16h às 18h. Quinta-feira a igreja fecha às 8h e reabre às 11h30. Missas: de segunda à sexta-feira, 7h – com canto gregoriano -, 13h e 18h. Sábado, 6h – com canto gregoriano. Domingo, 8h30 – com órgão -, 10h – com canto gregoriano e órgão.
Tel.: (11) 3328-8799

Solo Sagrado do Guarapiranga
End.: Estrada do Jaceguai, 6567 – Jardim Casa Grande – zona Sul – São Paulo.
Horário de funcionamento: de quarta a domingo, das 8h às 17h. Aberto aos feriados (exceto em segundas-feiras e terças-feiras).
Tel.: (11) 5970-1000

Jardim Botânico de São Paulo
End.: Avenida Miguel Stéfano, 3031 – Água Funda – zona Sul – São Paulo.
Horário de funcionamento: de terça a domingo e feriados (incluindo feriados que caem na segunda-feira), das 9h às 17h. No horário de verão: aberto das 9h às 18h. Fechado: sexta-feira santa, 25 de dezembro e 1º de janeiro.
Preço: R$ 5. Estudantes e idosos acima de 60 anos pagam R$ 2,50. Crianças até quatro anos e portadores de necessidades especiais são isentos.
Tel: (11) 5073-6300

Espaço Ouvillas – Parque Villa-Lobos
End.: Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 2001 – Alto de Pinheiros – zona Oeste – São Paulo.
Horário de funcionamento: todos os dias, das 5h30 às 19h.
Tel.: (11) 3021-6285

Pico do Jaraguá – Parque Estadual Jaraguá
End.: Rua Antônio Cardoso Nogueira, 539 – Jaraguá – zona Norte – São Paulo.
Horário de funcionamento: todos os dias, das 7h às 17h (o encerramento é estendido até às 18h no horário de verão).
Tel.: (11) 3945-4532

Pavilhão Japonês – Parque do Ibirapuera
End.: Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº – Vila Mariana – zona Sul – São Paulo.
Horário de funcionamento: quarta-feira, sábado, domingo e feriados, das 10h às 12h e das 13h às 17h.
Tel.: (11) 5574-5045

Parque da Água Branca
End.: Av. Prof. Francisco Matarazzo, 455 – zona Oeste – São Paulo (próximo à estação Barra Funda do metrô).
Horário de funcionamento: diariamente, das 6h às 22h. Aquário: às segundas-feiras, das 13h às 17h. Terça a domingo, das 9h às 17h.
Grátis (somente o aquário R$ 2).
Tel.: (11) 3865-4131

Praça do Pôr do Sol
End.: Rua Desembargador Ferreira França, s/nº – Alto De Pinheiros – zona Oeste – São Paulo.

Avanhandava
End.: Rua Avanhandava – Bela Vista – zona Sul – São Paulo.

Sala São Paulo
End.: Praça Júlio Prestes, nº 16 – Centro – São Paulo.
Tel.: (11) 3367-9500

Spa Cidade Jardim
End.: Avenida Magalhães de Castro, 12000 – 5º andar – Shopping Cidade Jardim – Butantã – zona Oeste – São Paulo.
Tel.: (11) 3552 3575 ou (11) 3552 3579

BuddhaSpa
Confira as unidades e endereços.

Espaço Girassol
End: R. Fradique Coutinho, 1190 – Pinheiros – zona Oeste – São Paulo.
Tel.: (11) 2925-9000

Kabanah Spa
End.: Unidade I – Av. Brigadeiro Luis Antônio, 4442 – Bela Vista – zona Sul – São Paulo.
Tel.: (11) 3885-9943/3057-1979

Hilton Morumbi
End.: Av. das Nações Unidas, 12901 – Brooklin – zona Oeste – São Paulo.
Tel.: (11) 2845-0000

Tivoli Mofarrej
End.: Alameda Santos, 1437 – Cerqueira César – zona Oeste – São Paulo.
Tel.: (11) 3146-5900

 

Nossos Parceiros Estratégicos
Logo ABIH
Logo Sindicato Estadual dos Guias de Turismo de São Paulo – SINDEGTUR SP
Logo ABTLGBT
Logo Comtur
Logo São Paulo Convention & Visitors Bureau
Logo Turismo Sustentável e Infância
Logo Aprecesp