Acontece

Novidades

Conheça São Paulo pelos trilhos

Maior metrópole do Hemisfério Sul, São Paulo muitas vezes assusta quem não a conhece por ser tão grande e superlativa. Mas basta um segundo olhar para ver que tudo que ela oferece é de fácil acesso. E não é diferente com algumas de suas principais atrações.

Para facilitar, listamos 20 opções de lugares que podem ser visitados usando somente o metrô. Não precisa de carro, táxi ou afins. Pegue sua mochila e explore a capital paulista por uma das quase 60 estações. Confira nossas dicas:

Passeios utilizando a linha 1-Azul, que faz o trajeto Norte-Sul ligando o Tucuruvi ao bairro do Jabaquara:
  1. Pinacoteca do Estado de São Paulo. Desça na Estação da Luz e aproveite as exposições temporárias do museu, como a Sean Scully. Além disso, a Pinacoteca possui um rico acervo permanente.
  2. Mosteiro de São Bento e Café Girondino. Para conhecer um dos mais antigos locais da cidade – morada de monges, de uma bela igreja com missas de cantos gregorianos, maravilhosos bolos e do mais velho relógio paulistano – desça na Estação São Bento. Logo em frente ao Mosteiro, está o famoso espaço gastronômico Café Girondino. O estabelecimento fica na Rua Boa Vista e reúne três espaços diferentes: lanchonete e café, choperia e restaurante.
    Imagem em close up. Xícara de tamanho médio, toda de vidro transparente e cheia de café com leite. Na superfície, sobre uma espessa espuma clara, um desenho estilizado feito com filetes de chocolate claro e escuro. Do lado esquerdo, um pequeno açucareiro todo branco.

    Café Girondino. Foto: Divulgação.

     

  3. Rua 25 de Março. Estação São Bentotambém dá acesso à Rua 25 de Março, famosa pelo comércio ambulante e pela venda de produtos a preços populares.

    Imagem do alto de uma rua de comércio popular, cercada por inúmeros prédios com lojas no piso térreo. No centro, rua dividida entre veículos e dezenas de barracas de lona azul repletas de mercadorias variadas, lado a lado beirando as calçadas, onde centenas de pessoas caminham.

    Rua 25 de Março. Foto: Jose Cordeiro/ SPTuris.

  4. Mercado Municipal de São Paulo. O passeio pelos arredores da Estação São Bento pode se estender ao famoso Mercadão. O visitante encontra uma variedade gastronômica e sabores irresistíveis, como o sanduíche de mortadela.
  5. Sebo do Messias. Um dos mais famosos e tradicionais sebos de São Paulo fica localizado no Centro da capital. O local reúne um rico acervo de livros, fitas, DVDs, CDs e LPs. O acesso de metrô se dá pela Estação Sé.
  6. Catedral da Sé. Um dos atrativos mais famosos da capital fica na Estação de mesmo nome e é a catedral em estilo gótico mais famosa do país.

    No 1º plano, em ambas as laterais da imagem, uma fileira com palmeiras imperiais muito altas. No centro e ao fundo, catedral estilo neogótico em tons de cinza claro. A fachada, dotada de um portal principal e uma grande rosácea, é flanqueada por duas altas torres, ambas com um teto pontiagudo, verde claro e muito alto.

    Catedral da Sé. Foto: Jose Cordeiro/ SPTuris.

  7. Zoológico de São Paulo. Se seguir até o fim da Linha Azul e chegar à Estação Jabaquara, é possível pegar um ônibus até o Zoológico paulistano, que reúne mais de três mil animais, entre mamíferos, répteis, aves, nativos da mata, anfíbios e invertebrados.
Atrativos com acesso pela linha 2 – Verde, que contempla a avenida mais famosa de São Paulo, a Avenida Paulista e liga a Estação Vila Madalena a Vila Prudente:
  1. Museu de Arte de São Paulo (Masp). Próximo à Estação Trianon-Masp ou Estação Brigadeiro, o famoso museu da capital possuí mostras permanentes e outras temporárias, como a Arte do Brasil no Século XX.
  2. Reserva Cultural e Teatro Gazeta.Quem vai de metrô até a Estação Trianon-Masp também pode chegar ao Reserva Cultural, que apresenta uma programação de filmes alternativos. No mesmo prédio, está o Teatro Gazeta, com programações de peças e comédias stand up.
  3. Parque Trianon. Como o próprio nome já diz, o parque fica próximo à Estação Trianon-Masp. O ambiente arborizado deixa o passeio mais relaxante.

    Imagem do interior de um grande parque em um dia muito ensolarado. No centro, alamedas com piso de pedrinhas brancas onde estão distribuídos alguns bancos de madeira, onde algumas pessoas estão sentadas e outras caminhando. Ao redor, mata bem fechada com arbustos e árvores de vários tamanhos, projetam uma sombra sobre o local.

    Parque Tenente Siqueira Campos – Trianon. Foto: Jose Cordeiro/SPTuris

  4. Bares da Rua Augusta. É agitação que falta no passeio? Desça na Estação Consolação e caminhe até a Rua Augusta. Bares famosos garantem uma noite agitada e divertida. O Comedians, por exemplo, é uma casa de show de Stand Up e fica localizado na região.
  5. Conjunto Nacional. Próximo a Estação Consolação, o local reúne cinema, a Livraria Cultura, lojas, feirinhas temporárias e o Teatro Eva Herz, com peças incríveis e baratas.
  6. Museu do Futebol. Para chegar ao Museu do Futebol, é preciso descer na Estação Clínicas e ir até a Avenida Doutor Arnaldo, onde há três opções de ônibus que levam até a Avenida Pacaembu.

    Ambiente escuro. Dezenas de monitores de vídeo dispostos em 4 colunas do chão ao teto, exibem diferentes cenas sobre o futebol. À esquerda, sobre um chão preto, um piso tátil para cegos se estende ao longo do salão.

    Museu do Futebol. Foto: Jose Cordeiro/ SPTuris.

Roteiros que contemplam a linha 3-Vermelha, que liga a zona Leste a Oeste:
  1. Parque da Água Branca. Para chegar ao local de muita área verde e espaços de lazer, é necessário descer na Estação Barra Funda.
  2. Memorial da América Latina. Quem já estiver na Estação Barra Funda, também pode aproveitar para visitar o Memorial da América Latina. Sua estrutura é formada por biblioteca, galerias, auditório e acervos.

    Sobre uma grande área livre com piso de concreto, à direita, eleva-se uma enorme escultura de uma mão com os dedos bem abertos também em concreto, projetando uma longa sombra sobre o chão, em uma tarde ensolarada com céu muito azul sem nuvens. Ao longe, no canto esquerdo, duas edificações brancas de um piso, bastante compridas, de formas arquitetônicas arrojadas, em formato tubular.

    Memorial da America Latina. Foto: Caio Pimenta/ SPTuris.

  3. Sesc Belenzinho. O visitante tem acesso às atividades de lazer e cultura a preços acessíveis e muitas são gratuitas. O estabelecimento é formado por teatro, restaurante, biblioteca, salas de espetáculo e espaço para as crianças. Para chegar, a estação mais próxima do metrô é a Belém.
Passeio com acesso pela Linha 4-Amarela, percorrendo a Estação da Luz ao Butantã:
  1. Butantan Food Park. O local reúne variedade de foodtrucks, a nova sensação gastronômica do momento. Desça na Estação Butantã.
  2. Instituto Tomie Ohtake. Desça na Estação Faria Limae aproveite a programação cultural do estabelecimento.

    Foto interna de um grande salão com 2 pisos no lado direito, onde circulam algumas pessoas. A parte central possui um só piso com um telhado muito alto, formado por várias estruturas tubulares brancas lado a lado e cobertura branca semi transparente por onde passa a luz do dia. Piso de concreto cinza onde circulam várias pessoas, com uma escadaria de 3 lances de formato estilizado ao fundo. À direita, no nível do chão, parede preta com 3 grandes portas de passagem. Acima, no nível do 2º piso, parede grande e bastante cumprida cor de vinho.

    Instituto Tomie Ohtake. Foto: Jose Cordeiro/SPTuris

  3. Sesc Pinheiros. Como o próprio nome sugere, o Sesc fica próximo à Estação Pinheiros do metrô. No local, o visitante encontra teatro, cinema, literatura, esportes, atividades físicas e uma vasta programação cultural.
Nossos Parceiros Estratégicos
Logo ABIH
Logo Sindicato Estadual dos Guias de Turismo de São Paulo – SINDEGTUR SP
Logo ABTLGBT
Logo Comtur
Logo São Paulo Convention & Visitors Bureau
Logo Turismo Sustentável e Infância
Logo Aprecesp