Viva São Paulo

Pontos Turísticos

Viaduto do Chá

No centro, grande viaduto de concreto cinza claro composto por um calçadão e uma via com 2 pistas, onde alguns carros trafegam nos 2 sentidos. Do lado esquerdo, edificação com 10 andares, fachada repleta de janelas com pequenos toldos vermelhos. Abaixo e em ambos os lados, uma grande praça muito arborizada. Ao fundo, o Theatro Municipal e diversos edifícios comerciais.

Viaduto do Chá. Foto: Jose Cordeiro/SPTuris.

O primeiro viaduto da cidade ganhou o nome que carrega até hoje pelo fato de, quando inaugurado em 1892, estar próximo a extensas plantações de chá da Índia.

A estrutura metálica que compõe o viaduto foi trazida da Alemanha e, entre as curiosidades relacionadas ao local, está o fato de que uma parcela da população era contrária à construção do viaduto e impediu, em 1888, as obras de continuarem, situação que foi contornada posteriormente.

O Viaduto possui 204 metros de extensão e liga a Rua Barão de Itapetininga, antiga Rua do Chá, à Rua Direita. Para fazer o trajeto, até 1897 era preciso pagar 60 réis, ou três vinténs, o que fez com que o viaduto ficasse conhecido naquele período como o Viaduto dos Três Vinténs.

Frequentado pela alta sociedade paulistana, as pessoas usavam o viaduto para chegar aos cinemas e lojas da região e, a partir de 1911, ao Theatro Municipal. Hoje, o viaduto serve de caminho para aqueles que trabalham e moram na região central da cidade e de locação para novelas e filmes que querem captar a essência paulistana.

Serviço:

Viaduto do Chá
End.: Viaduto do Chá – Anhangabaú – Centro – São Paulo (próximo ao metrô Anhangabaú)

Nossos Parceiros Estratégicos
Logo ABIH
Logo Sindicato Estadual dos Guias de Turismo de São Paulo – SINDEGTUR SP
Logo ABTLGBT
Logo Comtur
Logo São Paulo Convention & Visitors Bureau
Logo Turismo Sustentável e Infância
Logo Aprecesp