Viva São Paulo

Pontos Turísticos

Memorial da América Latina

Memorial da América Latina. Foto: Caio Pimenta/SPTuris.

Inaugurado em 1989, o conjunto arquitetônico, projetado por Oscar Niemeyer, tinha como objetivo estreitar as relações políticas, econômicas, sociais e culturais do Brasil com os demais países da América Latina, em uma época em que as divergências de interesse eram enormes.

Foi criado, inicialmente, o Instituto Latino-Americano, que possuía um acervo bibliográfico de cerca de dez mil itens, além de diversos tipos de materiais áudio-visuais relacionados à cultura latino-americana, acervo que, hoje, pertence à biblioteca do memorial.

Memorial da América Latina. Foto: Caio Pimenta/SPTuris.

Quando o complexo passou a ser construído, foi idealizado para que, em seus quase 90 mil metros de terreno, ocupasse o maior espaço possível. Assim, Niemeyer projetou seus seis edifícios espalhados por duas praças unidas por uma passarela. São eles: o Salão de Atos, a biblioteca, a Galeria Marta Traba (espaço criado para divulgação da arte latino-americana, com duas salas expositivas), o Pavilhão da Criatividade(com um acervo permanente de quase quatro mil peças de arte popular do Brasil e de países vizinhos, como instrumentos musicais, objetos folclóricos, religiosos, adereços corporais, esculturas, e muitos outros), o Auditório Simon Bolívar e o centro de estudos.

Memorial da América Latina. Foto: Caio Pimenta/SPTuris.

A Praça Cívica (ou Praça do Sol), além de ser um dos principais pontos do Memorial, foi pensada para que, posteriormente, pudesse comportar festas, shows e oficinas, com capacidade para 40 mil pessoas. É interligada à, do outro lado da rua, Praça da Sombra, conhecida por possuir uma grande área verde, com 160 palmeiras.

Fazem parte do conjunto também algumas obras de arte escolhidas pelo arquiteto para integrar a paisagem, entre elas, a Mão, escultura do próprio Niemeyer que, com sete metros de altura, é o principal símbolo do Memorial e um marco da cidade. Possui um mapa do subcontinente americano em vermelho, lembrando sangue escorrendo, que representa o sofrimento e a opressão vistos na história da América. Além desta, há também a Grande Flor Tropical, de Franz Weissmann, com cinco elementos de aço em vermelho vivo soldados entre si, O Torso Negro, de Vera Torres, com formas curvilíneas e voluptuosas, a Integraçã, escultura em mármore de Bruno Giorgi, entre outras.

Memorial da América Latina. Foto: Caio Pimenta/SPTuris.

O projeto cultural foi elaborado pelo antropólogo Darcy Ribeiro que, tendo vivido em vários países da América Latina, tinha como ideia principal construir um centro cultural em que as manifestações artísticas e científicas pudessem ter espaço. Em outras palavras, “Os brasileiros precisavam redescobrir a América. É preciso lembrar quem somos a nós mesmos” e, em seus primeiros anos, foi exatamente o que ocorreu.

O local foi sede de eventos gigantes, principalmente espetáculos gratuitos de artistas renomados, como Mercedes Sosa, Caetano Veloso e Tom Jobin, além de balés e orquestras vindos de diversos países, mostras, exposições e, como antiga sede do Parlamento Latino-Americano, chegou a receber grandes nomes da política, como Bill Clinton e Fidel Castro.

O Memorial abriga também, desde 2006, o Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo, que divulga os novos nomes e apostas do cinema no continente e presta homenagens a grandes cineastas. Além disso, possui alguns projetos sociais, como o “Sementeira”, que tem como objetivo estimular o estudo e o gosto pela literatura nas escolas.

Serviço:

Memorial da América Latina

End.: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda – zona Oeste – São Paulo.
Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 9h às 18h.
Tel.: (11) 3823-4600.

Biblioteca Latino-Americana Victor Civita

End.: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda – zona Oeste – São Paulo. Acesso pelos portões 2, 4 e 5.
Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h. Sábados, das 10h às 17h.
Tel.: (11) 3823-4732.

Galeria Marta Traba

End.: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda – zona Oeste – São Paulo.
Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 9h às 18h.

Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo

Data: verifique a próxima edição no site.
Local: Memorial da América Latina.
Grátis.

Nossos Parceiros Estratégicos
Logo ABIH
Logo Sindicato Estadual dos Guias de Turismo de São Paulo – SINDEGTUR SP
Logo ABTLGBT
Logo Comtur
Logo São Paulo Convention & Visitors Bureau
Logo Turismo Sustentável e Infância
Logo Aprecesp