Viva São Paulo

Considerado uma das principais regiões comerciais da cidade, o bairro do Bom Retiro é repleto de história, cultura e opções de lazer.

A história do bairro tem início no século 19, quando a região era formada por chácaras e sítios, como a “Chácara do Bom Retiro”, de onde vem seu nome. Nesta época, o local passou a ser uma das regiões mais importantes da cidade com a construção das estações da São Paulo Railway (hoje, Santos-Jundiaí) e da Estrada de Ferro Sorocabana, além do único parque público da cidade, o Jardim da Luz.

Graças a isso, diversas indústrias começaram a se instalar na região, inclusive a primeira fábrica da montadora Ford no Brasil e a primeira Hospedaria dos Imigrantes (prédio que depois daria lugar ao Desinfectório Central, que realizava serviços sanitários, como remoção de pessoas com doenças infecto-contagiosas, entre outras).

Um dos marcos do local é ser lar do Sport Club Corinthians Paulista, um dos principais times de futebol do Brasil. Foi na Rua José Paulino, conhecida por ser a principal rua comercial da região, que o clube foi fundado por operários italianos (imigrantes que ocupavam a maior parte do bairro na época).

Outras ruas comerciais têm destaque, como a temática Rua São Caetano, conhecida como “Rua das Noivas”, especializada em roupas de casamento (seja dos noivos, madrinhas ou damas de honra) e trajes black tie e toda a região que cerca a José Paulino que, sozinha, abriga mais de 350 lojas de roupas e acessórios e atrai um público de cerca de 100.000 pessoas na época do Natal.

Além de ser um dos pólos comerciais da cidade, o bairro tem uma importância cultural muito grande para a capital paulista.

Entre os pontos turísticos lá localizados, estão a Pinacoteca do Estado, a Estação da Luz, a Estação Júlio Prestes e a Sala São Paulo, o Parque da Luz – mais antigo parque da cidade – e o Museu da Língua Portuguesa, além de templos de diferentes religiões (que surgiram devido à presença de imigrantes de várias partes do mundo), como a mais antiga sinagoga de São Paulo, a Sinagoga Kehilat Israel e o Mosteiro da Luz, onde há, anexo, o Museu de Arte Sacra.

No aspecto gastronômico, o é repleto de opções: o grego Acrópoles, um dos mais tradicionais da cidade, oferece pratos típicos; a italiana Pizzaria Monte Verde, que trouxe a “pizza de massa fina” pra São Paulo e está presente no bairro desde 1956; a Casa Búlgara, famosa por suas receitas de tradicionais salgados do Leste Europeu; o Kitutis, primeiro buffet por quilo na região; o charmoso Bistrô da Sara que, instalado abaixo do nível da rua e decorado com artesanato local, oferece pratosà la carte e o clássico Mercado Municipal, onde, além de provar o famoso sanduíche de mortadela ou o pastel de bacalhau, pode-se apreciar a arquitetura e conhecer esse local tão visitado da cidade.

O Bom Retiro abriga também várias instituições educacionais, como a Faculdade de Tecnologia de São Paulo (FATEC), a Escola Técnica de São Paulo (ETESP), a Escola de Música do Estado de São Paulo – Tom Jobim, com mais de 20 anos e especializada na formação de profissionais da música e a Oficina Cultural Oswald de Andrade, que forma profissionais nas áreas de cinema, dança, artes plásticas, design, fotografia, teatro, entre outras.

O bairro ainda é lar das escolas de samba Gaviões da Fiel e Tom Maior, abriga três estações de metrô (Tiradentes, Luz e Armênia) e uma unidade do Sesc, o Sesc Bom Retiro, que iniciou suas atividades em 2011 e possui teatro, ginásio, piscina com aquecimento via energia solar, espaço para exposições, sala para uso da internet, uma biblioteca com acervo especial sobre a população do bairro e uma brinquedoteca, além de três consultórios odontológicos, área de alimentação e bicicletário.

Nossos Parceiros Estratégicos
Logo ABIH
Logo Sindicato Estadual dos Guias de Turismo de São Paulo – SINDEGTUR SP
Logo ABTLGBT
Logo Comtur
Logo São Paulo Convention & Visitors Bureau
Logo Turismo Sustentável e Infância
Logo Aprecesp