Home O que visitar Atrativos Pontos Turísticos Obelisco Mausoléu e Monumento às Bandeiras

 

 

 

Obelisco Mausoléu e Monumento às Bandeiras


Obelisco_pagina1 - Caio Pimenta-SPTuris
Obelisco Mausoléu. Foto: Caio Pimenta/SPTuris.


O Parque Ibirapuera é o parque mais visitado de São Paulo, com diversas opções de lazer, como museus, ciclovias e quadras de esportes. A região do parque também abriga pontos de referência na cidade, como o Obelisco Mausoléu e o Monumento às Bandeiras, que carregam a história da cidade. 

Monumento às BandeirasMonumento_Bandeiras_090914_Foto_JoseCordeiro_009p

Monumento às Bandeiras. Foto: José Cordeiro/SPTuris.

Encomendado pelo governo de São Paulo em 1921, o Monumento às Bandeiras, também conhecido como Empurra-empurra ou Deixa-Que-Eu-Empurro, localizado na Praça Armando Salles de Oliveira, em frente à Assembleia Legislativa e ao Parque do Ibirapuera, representa os bandeirantes que desbravaram o país, como  portugueses, negros, mamelucos e índios, que puxam uma canoa de monções, utilizadas em expedições fluviais.

A obra, que foi executada por Victor Brecheret, tem 240 blocos de granito, pesando 50 toneladas cada, com 50 m de comprimento e 16 m de altura. O monumento foi inaugurado em 1954, juntamente com o Parque Ibirapuera, em comemoração do IV Centenário da cidade de São Paulo.

Obelisco MausoléuObelisco_pagina - Caio Pimenta-SPTuris

Obelisco Mausoléu. Foto: Caio Pimenta/SPTuris.

O monumento funerário, localizado no Parque Ibirapuera, começou a ser construído em 1947, foi inaugurado em 1955, porém só foi finalizado em 1970. Símbolo da Revolução Constitucionalista de 1932, o Obelisco é um projeto do escultor ítalo-brasileiro Galileo Ugo Emendabili, com execução do engenheiro alemão radicado no Brasil, Ulrich Edler, tem 72 m de altura e está no jardim que aponta para a Avenida 23 de Maio, data em que ocorreu a morte dos quatro primeiros revolucionários.

Obelisco_Ibirapuera_180615_Foto_Jose_Cordeiro_0015
Fachada do reformado Obelisco. Foto: José Cordeiro/SPTuris.

Tombado pelos conselhos Estadual e Municipal de Preservação de Patrimônio Histórico, o Mausoléu guarda até hoje os corpos dos estudantes mortos, além de 713 ex-combatentes. Para preservar a memória da rebelião, cenas bíblicas e passagens da história paulista foram feitas com pastilhas de mosaico veneziano. No Mausoléu também foi escrita a frase "viveram pouco para morrer bem, morreram jovens para viver sempre", em homenagem aos estudantes.

Obelisco_Ibirapuera_180615_Foto_Jose_Cordeiro_0019
Interior renovado para receber melhor os visitantes. Foto: José Cordeiro/SPTuris.

O Obelisco pode ser visitado de terça a domingo, das 10h às 16h, com entrada gratuita. Além disso, é possível fazer visitas técnicas em grupo. Elas ocorrem uma vez por mês, e também são gratuitas. Para mais informações acesse o site da Sociedade Veteranos de 32 ou telefone para (11) 3105-8541.

Obelisco_Ibirapuera_180615_Foto_Jose_Cordeiro_0026
Clima calmo e de respeito em homagem aos herois de 32. Foto: José Cordeiro/SPTuris.

Serviço:

Obelisco Mausoléu
End.: Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº – Vila Mariana – zona Sul – São Paulo. 
Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 16h. 
Tel.: (11) 3105-8541. 
Entrada gratuita.

 



As atrações e/ou informações sobre eventos que constam neste site estão sujeitas a mudanças e alterações sem aviso prévio. Evite surpresas telefonando antes de visitar as atrações ou eventos.






Banner
Banner


ARTIGOS MAIS LIDOS